Webmail

Blog da Arco Informática

19 de Julho de 2017 - 08h26

Google lança tecnologia de inteligência artificial capaz de traduzir imagens

Google Lens é o nome da nova tecnologia do Google que promete mudar o modo de usar a câmera de seu smartphone.

Reprodução
Reprodução
Google Lens é a nova câmera capaz de ler e interpretar imagens de lugares e objetos, sendo destaque entre as soluções de produtos e serviços anunciados durante a conferência Google I/O 2017, em Mountain View, Califórnia, Estados Unidos. Além de fazer pesquisas visuais, a recente tecnologia permite que o usuário focalize um texto em outro idioma e este seja automaticamente traduzido, ou ainda, se apontada para um código de conexão Wi-Fi, o dispositivo é conectado automaticamente à rede. O recurso usa a própria câmera do smartphone.

A inovação para Android anunciada por Sundar Pichai, CEO do Google, foi uma das mais divulgadas e promete mudar a forma dos consumidores de interagir com o mundo real, atendendo várias necessidades do dia a dia. Google Lens possui um conjunto de capacidades de computação baseado no seu próprio banco de dados e também na biblioteca do usuário. Será lançado, em primeira mão, no Google Fotos e em seguida no Google Assistente, para depois chegar aos outros aplicativos.

Um exemplo de como o aplicativo pode ser usado é a identificação de espécies de flores. Ao apontar a câmera para uma determinada flor, o visor mostra detalhes sobre aquela variedade, inclusive onde comprá-la, indicando a floricultura mais próxima. Ou ainda se o usuário estiver viajando de férias e apontar para um restaurante, não terá apenas o endereço de localização. Dados como o cardápio, horário de funcionamento, reservas, se há mesa naquele momento, comentários e avaliações de clientes, entre outros detalhes, serão informados na sua tela.

Os precursores do Lens foram o app Google Translate, que usa uma tecnologia semelhante para traduzir automaticamente textos que aparecem no visor da da câmera, e o Google Googles, que permite obter informações sobre obras de arte ou produtos, através da leitura de códigos de barras ou código QR. O Bixby Vision, da Samsung, também tem uma proposta similar que usa computação visual para traduzir informação, mas não é tão funcional.
COMENTÁRIOS
* Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Arco Informática.